UFPI garante que vai contratar professores e pagar benefícios de servidores após MEC vedar gastos com pessoa

Além disso, o reitor da instituição destacou que irá nomear os aprovados referentes aos concursos concluídos e homologados.
créditos: g1.pi

 

O reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), professor José Arimatéia Dantas Lopes, informou, na manhã desta sexta-feira (21), que a instituição irá continuar contratando professores substitutos e pagando os benefícios dos servidores, mesmo após o Ministério da Educação (MEC) enviar um ofício a todas as instituições de ensino federais vedando gastos com pessoal que não estejam previstos no orçamento.

O reitor informou que a contratação de novos professores substitutos e a renovação de contratos é importante para o andamento do período letivo 2020.1. No fim do semestre, a administração da UFPI irá se reunir novamente para verificar as demandas referentes ao período letivo 2020.2.

“Todos os professores substitutos, seja em relação a contratação de novo professor ou renovação de contratos que estão sendo concluídos, nós iremos garantir esse provimento. Os substitutos são necessários para o fechamento do período letivo de 2020.1. No final do período, nós iremos analisar a situação das demandas referentes ao segundo semestre. Eu acredito que até lá, essa questão dos limites orçamentários, das necessidades de suplementação, isso já deve ter sido superado. Mas, no momento, iremos garantir o que é necessário para o primeiro semestre”, afirmou.

Além disso, o professor José Arimatéia Dantas Lopes esclareceu que irá acontecer a nomeação dos aprovados nos concursos que já foram concluídos e homologados. “Vamos garantir a contratação, a nomeação dos concursados daqueles concursos já homologados. Ou seja, os técnicos administrativos e docentes aprovados nos concursos já concluídos e homologados terão suas nomeações efetivadas. Nós tivemos um concurso recente para técnicos, ele não foi homologado, então não podemos fazer as nomeações deles”, completou.


 


 


COLUNISTA
Eudes Martins
COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA