Visualizações: 11


Piauí é o terceiro maior produtor de energia eólica do Brasil, aponta associação

Conforme o Governo do estado, o Piauí conta com 60 empreendimentos eólicos em operação.
créditos: g1.com

De acordo com os dados divulgados pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABE Eólica), o Piauí o terceiro estado que mais produz energia eólica do Brasil. Entre o mês de janeiro e agosto de 2019, o Piauí entregou 676,5 MW médios de energia, perdendo apenas para a Bahia (1.815,9 MW) e o Rio Grande do Norte (1.331,0 MW).

Os números são boletim Info Mercado Mensal da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), que indicaram o crescimento de 14,7% da geração de energia eólica em operação comercial no país. Ou seja, a geração de energia pela força dos ventos foi de 4.794,91 MW para 5.501,52 MW médios durante o mesmo período entre os anos de 2018 e 2019.
Em relação a capacidade instalada para a produção de energia a partir da força dos ventos, o Piauí ocupou a quinta posição no ranking nacional, somando 1.638,1 MW. Nesse quesito, na frente do Piauí ficam Bahia (4.022,4 MW), Rio Grande do Norte (3.935,9 MW), Ceará (2.347,7 MW) e Rio Grande do Sul (1.777,8 MW).

O Governo do Estado informou que o Piauí conta com 60 empreendimentos eólicos em operação, nove em construção e 19 para serem construídos, todos outorgados pela Aneel. O maior parque eólico em construção na América do Sul está localizado no Piauí, nos municípios de Lagoa do Barro do Piauí, Queimada Nova e Dom Inocêncio.

 

 

 

 


 


COLUNISTA
Eudes Martins
COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA