Visualizações: 10


Florentino rebate críticas: “Hospitais do interior levam a saúde do Piauí"

Florentino afirmou que os municípios do interior do Piauí
créditos: O Dia

O secretário de Saúde do PiauíFlorentino Neto rebateu nesta terça-feira (26) as críticas que o serviço de saúde do estado recebeu durante todo o ano da Comissão de Saúde da Assembleia e mais recentemente do prefeito de Teresina Firmino Filho, que declarou financiar grande parte da saúde do Estado. Florentino afirmou que os municípios do interior do Piauí utilizam os serviços da saúde em Teresina, mas pagam por isso.

“A saúde pública de Teresina não é só sustentada pelo município de Teresina. Ela é sustentada por todos os municípios do Piauí. Nós temos a pactuação integrada que todos os municípios do Piauí aportam recursos em serviços de alta complexidade que são executadas em Teresina e esses recursos vem para o Fundo Municipal de Saúde”, explicou.
A Comissão de Saúde da Alepi, presidida pela deputada Teresa Brito (PV), visitou hospitais do Estado e denunciou problemas durante várias vezes no ano. O secretário Florentino Neto disse ao O DIA que as críticas são positivas e apontam melhorias que devem ser alcançadas, mas destacou os avanços conseguidos esse ano na saúde do interior do Piauí.

“Os hospitais regionais é que levam a saúde do Piauí, que dão respostas para o povo piauiense e atendem o SUS e atendem com qualidade. Os hospitais que dão resolução para os problemas de saúde do sistema público são os hospitais estaduais. São eles que estão batendo recorde de atendimento. O crescimento no número de atendimentos nos hospitais estaduais do interior é maior que o crescimento dos hospitais de Teresina”, alfinetou.

Dados da Secretaria de Estado da Saúde apontam que em 2019 já foram realizados mais de 3 milhões de atendimentosambulatórias nos hospitais do interior e mais de 80 mil cirurgias. Para o próximo ano, a expectativa de Florentino é que seja inaugurada a Policlínica de Bom Jesus, o centro cirúrgico de Uruçuie melhorias nos hospitais de São Raimundo Nonato e Corrente, no sul. Já para o norte do Estado, estão previstas as reformas dos hospitais de Parnaíba e Luis Correia.

 

 

 


COLUNISTA
Eudes Martins
COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA