Visualizações: 10


Pequenos negócios já criaram mais de 2 mil novos empregos no Piauí

O total de vagas geradas no país em abril foi de 129,6 mil postos de trabalho.
créditos: cidadeverde.com

Levantamento feito pelo Sebrae aponta que, no Piauí, os pequenos negócios criaram 738 empregos em abril deste ano, enquanto as médias e grandes empresas abriram, juntas, 731 postos. Essa realidade é compatível com a nacional. As micro e pequenas empresas foram responsáveis pela criação de 93,7 mil postos de trabalho formais em todo o país, número quase três vezes maior que o registrado pelas médias e grandes. O total de vagas geradas no país em abril foi de 129,6 mil postos de trabalho.

O número de empregos gerados pelos pequenos negócios no Piauí colocou o Estado em terceiro lugar no ranking do Nordeste e em 11º lugar entre todos os Estados do país, com 4,72 vagas criadas para cada mil habitantes, aproximando-se do índice nacional que ficou em 4,89.

“Esse levantamento reforça a missão do Sebrae, na medida em que mostra que os pequenos negócios são a mola propulsora da economia e por isso a importância de apoiá-los. A criação de vagas de trabalho nesses empreendimentos faz uma grande diferença para o desenvolvimento do país e, em especial, do Piauí”, destaca o diretor superintendente do Sebrae no Piauí, Mário Lacerda.

Acumulado

No Piauí, o saldo acumulado no primeiro quadrimestre foi maior que em 2018. De janeiro a abril deste ano, foram gerados 2.011 postos de trabalho nos pequenos negócios do Estado. Ano passado esse saldo foi de 1.986 vagas. Na contramão dos pequenos negócios, estão as médias e grandes empresas, que no mesmo período de quatro meses, somente no Piauí, fecharam mais de 4,8 mil postos de trabalho.

No Piauí, o setor que mais gerou vagas em abril foi a Construção Civil (259), seguida do setor de Serviços (227) e da Indústria (121). Já no quadrimestre, o setor de Serviços desponta com 1.191 vagas abertas, enquanto a Construção gerou 694 postos e a Indústria 121 vagas. O setor de Comércio não teve um bom desempenho, com apenas 69 vagas geradas em abril, acumulando no quadrimestre um saldo negativo de 76 postos fechados.

 


 


COLUNISTA
Eudes Martins
COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA