Visualizações: 35


Falso dentista que atuava há 33 anos é preso ao tentar inscrição no CRO

O CRO-PI identificou o falso dentista apenas como Valnam
créditos: cidadeverde.com

Um falso dentista foi preso ao tentar fazer a inscrição no Conselho Regional de Odontologia do Piauí (CRO-PI), nesta quinta-feira (06). O CRO-PI identificou o falso dentista apenas como Valnam, que atuava no exercício da profissão ilegalmente no município de Caxias, no Maranhão, há 33 anos e tentava inscrição no CRO-PI com um diploma falsificado.

"Há alguns dias ele nos procurou para fazer a inscrição no CRO-PI. O Conselho entrou em contato com a faculdade de Parnaíba, que constava no diploma, como de praxe, e verificou junto à instituição que o mesmo era falso. Entramos em contato com a Polícia Civil para fazer o flagrante. Hoje ele retornou ao CRO-PI para assinar os documentos e, na oportunidade, foi dado voz de prisão pelos policiais", informou o departamento de fiscalização do CRO-PI.

Ao ser preso, na presença dos policiais, o falso dentista relatou, de acordo com a fiscalização, que ele afirmou ter comprado o falso diploma por R$ 6 mil.

Sobre o exercício ilegal da profissão em Caxias no Maranhão, CRO-PI ressaltou que fiscaliza apenas o estado do Piauí, não sendo responsável pelo estado vizinho.

Com a inscrição, o falso dentista tentou ter o registro de "cirurgião-dentista" podendo, com ele, atuar em território piauiense.

 

 


COLUNISTA
Eudes Martins
COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA