Visualizações: 33


STF nega habeas corpus para Lula e advogado do Piauí diz que vai recorrer

O jurista - que já anunciou que vai recorrer da decisão - alegou o principio constitucional da presunção da inocência.
créditos: cidadeverde.com

O Supremo Tribunal Federal (STF) negou o habeas corpus pedindo a soltura do ex-presidente Lula, impetrado pelo advogado Daniel Oliveira, ex-secretário de Justiça do Piauí. O jurista - que já anunciou que vai recorrer da decisão - alegou o principio constitucional da presunção da inocência.

"Foi negada a liminar e nós vamos recorrer para garantir a liberdade do ex-presidente Lula", disse Daniel ao Cidadeverde.com.

Ainda de acordo com o advogado, o STF negou a liminar justificando que a presunção da inocência não vai ser discutida agora, só no final do processo. "Vamos aguardar e recorrer da negativa da liminar", comentou.

Daniel disse ainda que a petição dos advogados do ex-presidente contra o habeas corpus não interferiu na decisão do STF. "Aí é mais juízo de valor mesmo sobre a liminar", declarou.

O ex-presidente Lula está preso há mais de 1 ano na sede da Polícia Federal, em Curitiba. O petista foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex de Guarujá. Ele está preso desde abril de 2018, depois de ter sido condenado pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), a segunda instância da Justiça Federal.

 

 

 

 


COLUNISTA
Eudes Martins
COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA