Visualizações: 43


Marcinho Guerreiro chega ao River e quer time unido pelo acesso

Reforços e preparação
créditos: cidadeverde.com

O técnico Marcinho Guerreiro foi apresentado oficialmente, na tarde desta segunda-feira (22), no River Atlético Clube. Comandante do Galo na Série D do Campeonato Brasileiro, o novo treinador disse que é preciso ter um elenco unido para se conquistar o acesso para a Série C.

- A gente sabe que hoje a união no futebol prevalece. Às vezes você não tem um time muito qualificado, mas tem um time muito unido, um time com muito trabalho e determinação, principalmente dentro de campo.

O treinador frisou a importância do trabalho de gestão de pessoas e usou o exemplo do próprio River, que começou a temporada 2019 em baixa e conseguiu com o mesmo time se reerguer.

Marcinho Guerreiro comandou o Imperatriz em 2018 na campanha que rendeu ao time maranhense o acesso para a Série C deste ano. O técnico destacou que aproveitar o mando de campo é outro fator importante para se conseguir os pontos necessários na briga para subir de divisão.

O novo treinador chega com o auxiliar Cícero Monteiro, o analista de desempenho Vinicius Vilela e o preparador físico Gabriel Júnior.

Reforços e preparação

A saída do capitão Eduardo foi um dos assuntos da coletiva de imprensa, que começou com uma hora de atraso por conta da chegada tardia do treinador a Teresina. Marcinho Guerreiro elogiou o atacante, mas diz que não tem tempo para lamentar.

O treinador admitiu ter quatro nomes de reforços que podem ser anunciados nos próximos dias. A ideia é ter as novas contratações à disposição antes da estreia contra o Bragantino (PA), dia 5 de maio, no Albertão. Nomes e posições não foram anunciados.

Marcinho Guerreiro não pretende fazer amistosos. Apesar de ter duas semanas para a estreia na Série D, ele acredita que o grupo já está entrosado e o tempo de preparação é curto para pensar em um jogo antes do dia 5.

Elogios a Flávio Araújo

Guerreiro lembrou que já foi comandado por Flávio Araújo quando era volante. Ele elogiou o antecessor pela conquista do título do Campeonato Piauiense e disse que já conversou com ele sobre o time que terá em suas mãos.

O novo treinador também disse que gosta do esquema tático adotado por Flávio Araújo, mas lembrou que cada técnico tem sua filosofia de trabalho, o que ele pretende implementar nas próximas semanas no grupo tricolor.

 


COLUNISTA
Eudes Martins
COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA