Visualizações: 82


Flamengo se impõe em casa, vence o Corinthians e fica a uma vitória da semifinal do NBB

Rubro-Negro leva susto na parcial inicial, mas se recupera e dita o ritmo diante de bom público no Rio de Janeiro para vencer o Timão por 79 a 60. Classificação pode sair neste sábado
créditos: Globo

Embalado pela vitória no último sábado em São Paulo, o Flamengo recebeu o Corinthians nesta quarta-feira no ginásio do Tijuca Tênis Clube, na Zona Norte do Rio de Janeiro, para o duelo de número 2 das quartas de final do Novo Basquete Brasil (NBB). Após um susto inicial, com o Timão ditando o ritmo no início da primeira parcial, o Rubro-Negro se recuperou aos poucos e, no fim das contas, mandou no confronto, saindo com o triunfo pelo placar de 79 a 60. Agora, a equipe de Gustavo De Conti está a uma vitória da classificação para as semifinais.

A torcida rubro-negra fez um show à parte e preencheu as arquibancadas do Tijuca Tênis Clube, cantando o tempo inteiro (o público foi de 1.324 pessoas). No sábado, os torcedores terão mais uma chance de apoiar o time da Gávea em casa: as duas equipes voltam a se enfrentar neste sábado, no mesmo local, às 14h (de Brasília), para o jogo 3. Em caso de triunfo do Flamengo, a vaga na semifinal estará garantida. Se o Corinthians vencer, força o jogo 4 em São Paulo.

- A gente começou um pouco disperso, apático, mas foi encaixando a defesa, o ataque e fizemos uma boa partida – avaliou Marquinhos.

O cestinha do jogo foi Parodi, do Timão, com 17 pontos. Os destaques do Flamengo nas estatísticas foram Marquinhos (15 pontos), Balbi (14) Varejão (9), Davi Rossetto (9), Mineiro (11) e Olivinha (8). Já pelo Corinthians, vale chamar atenção para Fuller e Abner, com 12 e nove pontos, respectivamente.

- O Flamengo vai rodando bastante e, quando você perde a concentração por um minuto, acaba perdendo. Agora é corrigir, descansar e saber que temos que fazer um jogo muito bem concentrado para sair daqui com uma vitória - analisou Bruno Savignani, técnico do Corinthians.


O JOGO
O Corinthians começou com tudo e abriu 7 a 0, liderado por Guilherme Giovannoni e Kyle Fuller, que fizeram duas cestas de fora do garrafão. Os rubro-negros, apesar da torcida cantando desde o início do confronto, pareciam nervosos e cometiam erros.

A entrada de Jonathan deu um respiro, e o toco de Mineiro reacendeu o time. Marquinhos, em bola de três, fez o Fla encostar, e Davi Rossetto deixou tudo igual no fim da parcial: 16 a 16. A reação foi sensacional, já que a equipe de Gustavo De Conti chegou a perder por nove pontos de diferença na maior desvantagem do primeiro quarto (12 a 3).

A virada do Flamengo veio no comecinho do segundo quarto, com Mineiro. Marquinhos fez dois lances livres. O Rubro-Negro ainda falhava, mas o Corinthians errava tudo. Varejão saiu do banco para pegar um rebote ofensivo e marcar mais dois. O técnico rival pediu tempo. Um toco de Mineiro enlouqueceu a torcida rubro-negra.

Mas o visitante melhorou: Parodi abriu o marcador na parcial. Fuller respondeu na linha de lances livres. Em contra-ataque, Davi Rossetto abriu seis, mas Parodi, o melhor do Timão, deu o troco rápido e, em seguida, deu um passe magistral para Abner marcar. Varejão fez no garrafão, e Mineiro levou para o intervalo com 32 a 26 no placar.


Olivinha marcou o primeiro ponto do terceiro quarto. De três, Giovannoni respondeu. A partir daí, veio um duelo particular entre Fuller e Marquinhos: o americano fez dois no lance livre. O rival levantou os fãs com uma enterrada. Fuller pontuou novamente, agora de três. O camisa 11 do Fla pontuou no garrafão.

Balbi desarmou Giovannoni no contra-ataque do Corinthians e marcou de três. Os times começaram o segundo tempo com um aproveitamento melhor que o da primeira etapa, mas o Flamengo era superior. A 20 segundos do fim da terceira parcial, Varejão, no tapinha, fechou com 60 a 44 no placar (28 a 18 só nesse quarto).

A torcida do Flamengo se empolgou no último quarto e provocava o Corinthians. O Timão tentava a todo custo se recuperar, mas Nesbitt, Varejão e Balbi ajudaram a aumentar a vantagem do Rubro-Negro. O confronto estava controlado e terminou com vitória rubro-negra por 79 a 60.

HISTÓRICO DO CONFRONTO
Antes do jogo 2 das quartas nesta quarta-feira, Flamengo e Corinthians se encontraram outras três vezes. O Rubro-Negro leva vantagem no confronto direto. Foram duas vitórias na temporada regular em 2018/2019 e uma no jogo 1 das quartas de final. No primeiro turno, na Arena Carioca 1, o triunfo foi por 72 a 64, com grande atuação de Marquinhos, autor de 16 pontos.


Na partida seguinte, realizada no ginásio Wlamir Marques, em São Paulo, vitória maiúscula dos cariocas por 91 a 68. Marquinhos (22 pontos) e Franco Balbi (19 pontos) guiaram a equipe. Com destaque para David Nesbitt, o Fla venceu, no último sábado, por 92 a 73.

O Corinthians terminou a fase de pontos com 46,2% de aproveitamento, somando 12 vitórias e 14 derrotas em 26 partidas. Em casa, a equipe venceu oito vezes e perdeu cinco. Nas oitavas de final, o Timão venceu o Brasília por 2 a 1 na série melhor de três, virando o resultado jogando em casa. Já o Flamengo, na primeira etapa do NBB, terminou em segundo lugar, atrás somente do Franca, com 84,6%, sendo 22 vitórias e quatro derrotas em 26 duelos.


COLUNISTA
Eudes Martins
COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA